segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Espaço VerbArte foi o título vencedor

Por destacada maioria venceu o título Espaço VerbArte de Carlos Mesquita ao qual damos os nossos parabéns. Parabéns também para a Ethel Feldman, pelo seu segundo lugar com Intervalando. E é precisamente com um poema da Ethel Feldman para o qual o Adão Cruz escolheu um quadro seu que inauguramos este espaço multiusos. O Verbo da Ethel e a Arte do Adão, na abertura de um espaço que vai dar que falar: o Espaço VerbArte.

DISLEXIA




Na minha terra
o sol quase encontra a lua
sem nunca a tocar

na despedida
diz o sol boa noite

na partida
diz a lua bom dia

quando durmo de dia
troco as voltas do dia

não sei se é a lua ou o sol
quem me dá o bom dia

No desacerto aceito
a minha dislexia
bastaria dormir
em sintonia com a vida
para sentir
a verdade das coisas
em cada partida

Fosse o pincel
a minha arte
saberia a cor
do curso da vida

3 comentários:

  1. Parabéns Carlos Mesquita, é um bom título o teu.
    Parabéns também á Ethel e ao Adão que tão brilhantemente inauguram o novo espaço - o Espaço VerbArte.

    ResponderEliminar
  2. De grande nível, para começar não podia ser melhor. E o título do espaço merece a eleição.

    ResponderEliminar